terça-feira , janeiro 17 2017
Últimas Notícias

Por que você iria querer atualizar para Kali Linux 2.0 – ou não

3aAp74-825x325

Passei as últimas duas semanas fazendo um julgamento do Kali Linux 2.0, e para uma pessoa de linha de comando, simplesmente não há muito motivo para atualizar de Kali 1,1 para o Kali 2.0. As três principais diferenças são:

  • A função rolling release, que permite você atualizar o sistema pela rede, em vez de ter que fazer instalação quase do zero.
  • A bela Gnome 3 GUI do Desktop.
  • O Aviso do fim da vida para Kali 1.x.

Agitando com o rolling release!

Se você é uma pessoa que instala Kali para o desktop, laptop, ou para um servidor; o rolling release tornará sua vida muito mais fácil. Suas ferramentas são sempre baseadas nas versões mais recentes, e seu kernel Linux estará seguro. O problema com a evolução pontuada(Kali 1.x) dos sistemas operacionais é que os aplicativos e o próprio sistema operacional não tem as mais recentes avanços de segurança ficando assim defasados e inseguros. Isto é bem ilustrado pelo modelo do Windows com suas atualizações por verões, que é motivada pelo controle de custos e maximização do lucro.

A empresa de software que pode controlar o trabalho feito em um sistema operacional, limita os seus custos para criar a distribuição. Presumivelmente tanto o rolling release e modelos de atualização pontuadas tem que continuar a criar atualizações de segurança de bugs e vulnerabilidades que são encontrados, de modo que o custo acaba sendo equivalente. Ter um a conclusão do projeto básico para o sistema operacional permite que os custos (fixos e essencialmente completa para atualização pontual) tornam-se uma percentagem mais baixa e redução da receita total do projeto. Peça Microsoft ou Oracle e o porque que eles utilizam a atualização pontuada, e eles provavelmente vão dizer algo parecido.

O rolling release tem opções que atualizações pontuadas não recebem. Em vez de gastar dinheiro consertando bugs com a versões antigas de um componente, porque não apenas utilizar a versão mais recente que o produtor do software acabou de concluir? Isso significa menos tempo do criador do sistema operacional será gasto para correções de bugs do software antigo, e coloca mais ênfase em atualizações rápidas.

As instalações são sempre personalizadas em um certo nível. Cada usuário final do Kali tem sua própria rotina de trabalho e ambiente, tendo o rolling release que é gradual, permite que essas personalizações sejam contínuas entre atualizações. Não há mais horas gastas recriando um ambiente a cada vez que tiver uma atualização pontual do sistema operacional. Se você seguir o caminho de fazer um ISO com suas personalizações para Kali 2.x, você nunca precisará ter de refazer tudo de novo, mesmo se você mudar máquinas.

Se o que você faz é usar um live CD em uma máquina comprometida para reunir informações forenses, então você não vai ver um grande benefício de usar Kali 2.0, pelo menos não no início, uma vez que as versões das ferramentas no 1.1 e 2.0 não tem muita diferença. Eu crio novos live CD a cada 6 meses ou mais, a partir da mais recente atualização do Kali 1.1, e pode-se facilmente fazer a mesma coisa com as atualizações das ferramentas do Kali 2.x. Isso não é provavelmente uma mudança na minha forma de utilização do live CD.

 

O belo Gnome 3

O ambiente de desktop Gnome 3 é requintadamente estiloso e muito fácil de entender. As aplicações mais usadas podem ser inseridas em sua barra lateral, e parece rodar mais rápido do que o Ubuntu Unity Desktop que se parece com ele.

110715_2235_WhyYouMight1

Para as pessoas que geralmente residem em um ambiente Windows, o Gnome 3 é relativamente fácil de entender. Alguns de nós perdemos os aplicativos antigos do menu, mas eles podem ser inseridos de volta com a instalação do Mate Desktop. As pessoas que trabalham principalmente a partir do modo live vão se acostumar com a nova GUI, assim como fizeram o visual mais escuro para o Kali 1.x.

Como a maioria das ferramentas que usamos no Kali são ferramentas de linha de comando, não há realmente muitos benefícios para a atualizar para o Kali 2,0 como pode ser visto a partir da janela do terminal abaixo.

110715_2235_WhyYouMight2

Rumores da morte de Kali Moto (1.x) não são exagerados

A partir de 15 de outubro de 2015, os repositórios para Kali Moto serão removidos para um local secundário, e não estarão mais na página de downloads principal. Isso significa que as atualizações basicamente terminaram para o Kali 1.x, e suas instalações atuais de Kali 1.x não serão mais suportados. Para ler mais sobre poderá ir em Kali News.

110715_2235_WhyYouMight3

Conclusões?

Gostaria de sugerir a actualização para Kali 2.0. Eu sei que parece repentino, mas eles mudaram rapidamente para eliminar progressivamente a versão 1.x. Por que atualizar para Kali 2.0?

  • Kali 1.1 chegou ao fim da vida;
  • Imagens virtuais Kali para VMware e VirtualBox de Kali 1.1 ainda estão disponíveis da última vez que verifiquei, mas eles provavelmente vão ser apagados em breve, ou já foram apagados;
  • Se o seu hardware está no final da sua vida útil, você pode pode muito bem instalar o Kali 2.0 em seu novo hardware.

 

Tradução do artigo de:  eForensics Magazine

Sobre NullS3c

Possuo especialidade na área de computação forense. Aliases: Void_Witch e 1nvy
Free WordPress Themes - Download High-quality Templates