quarta-feira , agosto 23 2017
Últimas Notícias

Pirataria dos jogos pode terminar dentro de dois anos

Quem o diz não é uma produtora de jogos ou um programador, mas o fundador de um dos maiores grupos de crackers do mundo, os 3DM.

O 3DM é um dos maiores grupos de crackers do mundo, que se dedicam a crackar os jogos para que possam usufruir do jogo sem qualquer custo. Mas parece que têm tido a vida dificultada nos últimos tempos, isto tudo graças a uma empresa austríaca, a Denuvo.

Segundo o Bird Sister, num canal oficial do Reddit para cracks, tendo em conta as tendências atuais, num período de dois anos o desenvolvimento da tecnologia de encriptação poderá levar a que não haja jogos gratuitos.

A Denuvo estreou-se nos jogos na proteção do Dragon Age: Inquisition, que demorou um mês a ser crackado e que levou o próprio grupo a glorificar-se pelo que conseguiu. Mas parece que a empresa por trás da proteção meteu mãos à obra e os jogos seguintes ainda não foram desbloqueados. O caso mais “chocante” é o FIFA 16 que já está no mercado há três meses, mas também o Just Cause 3, que foi lançado há um mês, ainda tira horas de sono aos crackers.

Com este anúncio, e a concretizar-se a dificuldade que os crackers encontram a desbloquear os jogos com esta proteção, será natural que as produtoras recorram à Denuvo para proteger os seus jogos e que, em breve, a maioria dos jogos tenham essa proteção.

Fonte: Kotaku

Sobre Bruno_menor

Estuda Segurança da Informação desde quando tinha 12 anos, é mantenedor do maior fórum da América Latina de Segurança da Informação, o Guia do Hacker, atua como palestrante e professor na área de Segurança da Informação a mais de 3 anos. Graduado em Web Design e Programação, Pós-Graduando em Segurança da Informação, foi analista de Segurança Senior no Laboratório de Segurança e Sustentabilidade (LABSS).
Free WordPress Themes - Download High-quality Templates