segunda-feira , outubro 23 2017
Últimas Notícias

FBI é ordenado a revelar o código que usava contra a pornografia infantil no Tor

O FBI foi condenado a entregar o código que usaram para invadir o navegador web criptografado Tor, a fim de capturar pedófilos e acabar com um site de pornografia infantil.

A operação viu o FBI encontrar o maior site de pornografia infantil do mundo na darkweb chamada Playpen e, também, encontrar os usuários que haviam feito download e upload de conteúdo explícito. Usando malware, o FBI conseguiu roubar 1.300 endereços de computadores (IPs) de visitantes registrados e multar 137 destes, como resultado.

Um dos acusados está agora lutando seu caso com o fundamento de que a operação representou uma “falta grave das agências governamentais e de aplicação da lei”. Com isso em vista, advogados e um juiz federal ordenaram que o FBI revelasse como eles foram capazes de obter as provas indicando indivíduos, e também questionaram a razão utilizada para realizar a sua técnica de investigação de rede (NIT).

Para cumprir o que lhe foi pedido, o FBI teria que divulgar ao tribunal todo o código e método usado para explorar o Tor – uma rede amplamente utilizada por aqueles que querem manter o anonimato, já que o mesmo não captura informações como IP e geolocalização para que os usuários não possam ser rastreados.

É altamente improvável que o FBI queira desistir de seus segredos sem lutar, pois se o código tornar-se open source, poderia impedir que os oficiais da lei usem o mesmo código para capturar criminosos no futuro. Acredita-se que o FBI tem usado táticas de malware no passado com casos de 2012 e 2013, onde os agentes realocaram os servidores de um site de pornografia infantil e computadores dos visitantes infectados para revelar suas localizações.

Não se pode deixar de ver a ironia, neste caso, seguido da exigência do FBI à Apple que fornecesse um backdoor para o iPhone do assassino no massacre de San Bernardino, que é algo que a Apple inteiramente opõe-se por acreditar que seria uma coisa “perigosa” à se fazer e que poderia comprometer a segurança nacional, caso o software de desbloqueio acabassem nas mãos erradas.

Fonte: IBTimes

Sobre Motel Bible

Free WordPress Themes - Download High-quality Templates