quinta-feira , maio 25 2017
Últimas Notícias

80% dos terminais Android estão vulneráveis e expõem o seu tráfego na web

A versão 3.6 do kernel do sistema operativo Linux, lançada em 2012, possui uma falha de segurança grave que permite aos atacantes terminar as ligações de equipamentos com servidores e aplicações, podendo em casos mais avançados os piratas aproveitarem-se dessa mesma brecha para violarem a privacidade dos dados não sujeitos a encriptação ou injetar malware nos equipamentos.

A descoberta foi feita pela empresa especialista em segurança informática Lookout que atestou a existência deste problema em equipamentos com a versão 4.4 do Android, a KitKat e que representa atualmente 80% dos equipamentos Android ativos. Ou seja, o número torna-se ainda mais assustador já que são mais de 1,4 mil milhões de equipamentos que estão afetados e vulneráveis.

Apesar de parecer alarmante, este ataque não é de fácil concretização. Segundo os mesmos especialistas em segurança informática é relativamente fácil atacar um equipamento isolado, todavia estão de fora os ataques a grandes lotes de equipamentos em simultâneo como se de uma bomba se tratasse.

Esta falha é já conhecida dos engenheiros da Google que estão a trabalhar no sentido de arranjar uma solução para esta vulnerabilidade, já catalogada como CVE-2016-5696.

Fonte: Lookout Blog

Sobre Bruno_menor

Estuda Segurança da Informação desde quando tinha 12 anos, é mantenedor do maior fórum da América Latina de Segurança da Informação, o Guia do Hacker, atua como palestrante e professor na área de Segurança da Informação a mais de 3 anos. Graduado em Web Design e Programação, Pós-Graduando em Segurança da Informação, foi analista de Segurança Senior no Laboratório de Segurança e Sustentabilidade (LABSS).
Free WordPress Themes - Download High-quality Templates